O que fazem as empresas de desenvolvimento de lojas virtuais?

O que fazem as empresas de desenvolvimento de lojas virtuais?

Desenvolvimento de lojas virtuais
Desenvolvimento de lojas virtuais

Entenda toda a jornada de desenvolvimento da sua loja virtual, e itens adicionais que podem fazer toda diferença para o seu negócio!

Desenvolvimento de lojas virtuais. De acordo com alguns especialistas, vendas por meio de lojas virtuais ultrapassarão U$2 trilhões nos próximos anos. Entretanto, esta é uma das indústrias que mais crescem e mais se valorizam com o passar do tempo.

Um mercado tão atrativo faz com que cada vez mais negócios queiram operar no mundo digital. Mas, para que isso ocorra de forma efetiva, é preciso se preocupar com a forma como o desenvolvimento de lojas virtuais é feito.

Quer entender a importância e as atribuições de uma empresa responsável pela criação de um e-commerce? Confira os tópicos a seguir.

O que faz uma empresa de desenvolvimento de lojas virtuais?

Continue lendo “O que fazem as empresas de desenvolvimento de lojas virtuais?”

Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

Promoção memorável para sua loja virtual

Como fazer promoção. Algumas estratégias para e-commerce | loja virtual são tão geniais que muitos empreendedores se perguntam: é possível aprender como fazer promoções memoráveis ou elas são uma realidade apenas de empresas com grandes orçamentos de marketing que contratam agências especializadas?

Como fazer promoção - 7 dicas e ideias perfeitas
Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

A resposta, felizmente, é que o fator de sucesso não está necessariamente ligado ao quanto se investe para promover seus produtos. E sim, em direcionar sua mensagem para os clientes certos, no momento e nos lugares oportunos.

Quer ver como isso é possível? Reunimos neste post 7 dicas e ideias incríveis que podem turbinar suas vendas online. Confira!

1. Ofereça frete grátis ou reduzido

Um dos motivos pelos quais clientes desistem da compra é o frete cobrado pelo envio. Segundo o relatório E-commerce Trends 2017, 14,3% dos entrevistados disseram não ter concluído a negociação por causa do custo para receber seu produto em casa.

Se clientes não gostam de pagar o frete, os empreendedores também não desejam assumir um custo que vai reduzir seus lucros, certo? Mas com estratégias simples, é possível compensar no volume de vendas. Algumas ideias são:

  • oferecer frete grátis para determinados produtos. O cliente poderá aproveitar a oportunidade para selecionar outros produtos, por exemplo;
  • condicionar a exclusão da cobrança para um valor de compra específico, o que é outro incentivo para aumentar o volume de compras; e
  • criar um valor único e reduzido para todos os fretes, com apelo visual, como R$9,99, por exemplo. Será um bom incentivo para os clientes e terá um impacto menor na margem de lucros.

2. Crie cupons de desconto para sua loja virtual

A lógica por trás dos cupons de desconto é o direcionamento, ou seja, é preciso definir quais potenciais clientes receberão o benefício. Sejam os seguidores de uma rede social. Sejam clientes de um parceiro de negócios. É importante direcionar para um grupo com grande potencial de conversão de vendas, e claro, de fidelização.

Oferecer descontos de produtos de beleza para mulheres de certa faixa etária, por exemplo, é muito mais eficiente do que para o público em geral, que inclui crianças e homens.

3. Estude dados sobre seus clientes para saber como fazer uma promoção personalizada

Para definir essas segmentações, é preciso analisar e criar um perfil do cliente ideal. Determinar seu comportamento de compra, redes sociais que frequenta, e, a partir daí, criar uma buyer persona.

Essa representação do cliente ideal do negócio permitirá que novas promoções e até a forma de se comunicar com o público pelas redes sociais sejam mais personalizadas e eficientes.

Ao criar uma oferta para o público jovem, por exemplo, palavras rebuscadas e formais podem repelir naturalmente os interessados, que não se identificarão com o estilo do e-commerce | loja virtual.

Um bom exemplo de posicionamento é o do brechó virtual Enjoei. Usuários podem se inscrever para vender e comprar produtos, e o site lucra ganhando uma parte dos valores das transações. Seu público valoriza o consumo sustentável, peças com apelo sentimental que relembrem a infância ou pessoas queridas, como brinquedos antigos e pinguins de geladeira, e que, além disso, não sejam caras.

Nas descrições de produtos, newsletters e banners do site, a linguagem valoriza esses pontos e faz com que seus usuários se sintam representados. Como consequência, muito mais negócios são gerados.

4. Explore datas comemorativas e faça parte da Black Friday

Datas comemorativas que movimentam o comércio como Black Fridays também atingem em cheio os e-commerces | lojas virtuais. No entanto, como existe a barreira da distância, explorar esses eventos exige promoções mais atrativas e coordenadas com datas de entregas interessantes.

Em outras palavras, crie ofertas que atraiam os clientes para adquirir seus produtos com antecedência. Ofereça benefícios como prazo de troca estendido e embalagem especial.

Uma boa dica para essa estratégia é personalizar o e-commerce | loja virtual, seus banners e também as interações das redes digitais. Na Páscoa, mesmo que o produto da loja virtual não seja diretamente ligado a chocolates, usar referências da data pode envolver e atrair os visitantes.

5. Utilize descontos progressivos para aumentar o ticket médio de compra

Descontos progressivos ou do tipo “pague 2 e leve 3” também têm um apelo interessante no e-commerce | loja virtual. Isso porque as pessoas que preferem fazer compras pela internet valorizam o tempo e o conforto que têm para escolherem seus itens.

Ao oferecer a possibilidade de levar mais ou por menos, a tendência é que elas sintam mais prazer durante a escolha e fechamento da compra. Além de satisfazer o público com seus produtos, a experiência de compra também favorecerá sua fidelização.

6. Faça eventos e concursos

Criar concursos e eventos que envolvam os clientes diretamente com o e-commerce | loja virtual é uma estratégia que:

– Fortalece a marca e gera assunto nas redes sociais.

Sorteios de prêmios e concursos culturais oferecidos para os compradores de determinado produto ou período podem incentivar as vendas e ainda criar mais engajamento e vínculo com a loja.

7. Promoções-relâmpago que envolvam causas sociais

Anunciar e criar promoções-relâmpago também é uma forma de incentivar as compras. Nesse momento, em que clientes estão online, incentive que eles revisitem a loja virtual para saber sobre novas oportunidades.

Como fazer promoção. Uma boa prática é associá-las com posicionamentos sociais, destinando parte dos lucros para alguma causa que a loja virtual apoia. As novas gerações de consumidores demonstram maior interesse e fidelização com empresas e lojas que tenham uma mesma filosofia.

Comemore o aniversário do e-commerce | loja virtual e aproveite esse apelo social. Inclusive, é uma forma de fazer com que os clientes aguardem essas datas. Priorizando comprass naquele período e indicando/incentivando amigos e conhecidos a apoiarem a causa.

Além de fazer um bem a terceiros, isso favorece as vendas do e-commerce | loja virtual e o relacionamento com seus clientes, ou seja, todos saem ganhando.

Além de saber como fazer promoção, é importante melhorar a forma de se relacionar com os clientes nas redes sociais. Investir em estratégias como links patrocinados e remarketing podem, atrair o comprador que tenha desistido da compra durante o processo.

Uma boa prática para seu negócio? Criar conteúdos otimizados para manter o engajamento do público e conquistar novos leads para sua loja virtual. Quer saber mais sobre elas e outras estratégias para potencializar suas vendas? Acompanhe nossas novidades pelo Facebook ou acesse nossos projetos e materiais ricos no Instagram.

E-commerce é protagonista da nova série da NetFlix

Conheça a história da loja Nasty Gal

Nesta sexta-feira (21) estreou GirlBoss, série da Netflix que  conta a história de Sophia Amoruso, criadora da Nasty Gal. A loja de  e-commerce mundialmente conhecida pelas fashionistas.

Antes de construir seu império da moda, Amoruso comia pão do lixo, roubava objetos e trabalhava em empregos com baixos salários. Cansada da sua situação decidiu abrir a loja para pagar o aluguel.

A empreendedora começou em 2006 vendendo roupas customizadas no Ebay. Ebay é uma plataforma de negociações com modelo de negócio marketplace fundada nos EUA. Alguns sites encontrados no Brasil semelhantes são: Mercado Livre, OLX, Bom Negócio.

Com o crescimento da sua loja no Ebay, a empreendedora decidiu abrir sua própria loja online e alavancou suas vendas online.

Atualmente a Nasty Gal fatura mais de U$100 milhões e atende consumidores em 150 países. São mais de 350 funcionários divididos entre a loja virtual e 2 lojas físicas situadas em pontos disputados de Los Angeles. As lojas são visitadas por celebridades como Lena Dunham e Kendall Jenner.

Além da série, Sophia Amoruso escreveu a autobiografia #Girlboss em 2014 e também montou a Girlboss Foundation, que ajuda e divulga iniciativas de mulheres inovadoras pelo mundo.
Conheça a Nasty Gal

Quer começar um comércio online? Conheça nossas soluções

 

Jacques Janine é a nova loja criada pela Seri.e

Conheça a história da primeira rede de salões de beleza da América Latina

A nova loja criada pela Seri.e Design é a do salão Jacques Janine. O salão criado por Jacques e Janine Goossens está no mercado de beleza há 59 anos, e é conhecido pelo pioneirismo na área de estética e maquiagem social. São mais de 60 unidades espalhadas por todo o Brasil e uma instalada na Flórida, Estados Unidos.

Continue lendo “Jacques Janine é a nova loja criada pela Seri.e”

6 Motivos para abrir uma loja virtual

Nos próximos anos, o varejo virtual aumentará de 3% para 6% do varejo total

Dados da Euromonitor International prevê que no Brasil, a paticipação das vendas online em 2019 será de 4.3% do total de vendas no país, atingindo U$ 19.1 bilhões.
Nos Estados Unidos e em alguns países Europeus e Asiáticos, as vendas online já são de 9%. Segundo o Ebit, a participação das lojas virtuais brasileiras já são mais de R$ 41 Bilhões em vendas anuais.
Motivos para abrir uma loja virtual:
1- Crescimento do setor e previsão de aumento nos próximos anos

Não fique para trás! O aumento das lojas virtuais já é estimativa econômica.

2- A praticidade de fazer compras online

As pessoas buscam praticidade no dia a dia. Segundo estudos do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 33% dos compradores reconhecem a economia de tempo uma grande vantagem das compras online.

3- Comprar pela internet está mais seguro

Antigamente as pessoas tinham receio de comprar virtualmente, mas essa percepção mudou. Estudos apontam que numa escala de zero a dez, o índice médio de satisfação do consumidor brasileiro com as compras online é de 9.3
4- É fácil pesquisar e comprar os preços

Uma das vantagens do e-commerce é comparar preços e lojas dentro de casa.

5- O número de pessoas conectadas aumentou no Brasil

Segundo o IBGE, 50% das casas brasileiras tem internet.

6- Crescimento de smartphones com acesso a internet

Pesquisas revelam que há mais linhas de celulares que pessoas no mundo! O crescimento do aparelho contribui para o aumento de usuários online.

Credibilidade é sinonimo de vendas no comércio eletrônico

Credibilidade transmite segurança e isso vende!

Credibilidade
Credibilidade

Credibilidade. De acordo com o relatório “Reimagining Commerce“, 45% dos visitantes entram em um e-commerce (site online de vendas) em busca de produtos ou serviços que a loja oferece e outros 25% estão comparando preços. Destes, uma entre dez pessoas que estão procurando detalhes da loja.

A experiência do usuário também é importante na hora da compra. Tanto que ¹/³ dos usuários entram através de dispositivos, o que demonstra a importância do site adaptado para celular. Entretanto, eles levam em consideração desde a navegação, credibilidade até o checkout, e deixam de comprar se houver problema em alguma etapa. Desta forma, na hora da venda, o usuário busca conteúdo relevante, customizado e simples.

Os relatórios apresentam também que cerca de 91% dos entrevistados pretendem realizar mais compras online. Mas, o conteúdo básico e a falta de credibilidade, não será mais bem visto aos consumidores online, que estão cada vez mais exigentes.

Credibilidade e Evolução

Sabemos da constante evolução do mercado e tendência de compra dos usuários, por isso, é importante inovar sempre! Buscando manter o “já cliente”, enquanto cria estratégias criativas para conquistar um novo prospect. Contudo, o importante aqui é analisar os dados, entender o comportamento e traçar uma estratégia que no curto ou longo prazo atenda as necessidades e expectativas do cliente, focando sempre na credibilidade, obviamente.

Para não ficar na mão ao desenvolver seu e-commerce, é preciso contar com ajuda especializada e de credibilidade.  A Série Design tem mais de 12 anos de know-how na criação e no desenvolvimento de lojas virtuais. Além, de ter uma excelente estrutura de suporte que acompanha o cliente em toda a jornada com a empresa.

Para tirar dúvidas, iniciar seu projeto e começar a faturar e garantir presença no mundo digital, entre em contato conosco. Será um prazer ajudá-lo!

Quer saber mais sobre gestão, comportamento e tendências?!

Acesse nosso Blog!

 

 

Entenda como funciona o sistema de Pesquisa do Google

Bilhões de vezes por dia, em um piscar de olhos. É assim que a Pesquisa do Google acontece. Explore a arte e a ciência que tornam isto possível.

A jornada de uma consulta começa antes mesmo que você digite sua pesquisa, com o rastreamento e a indexação de trilhões de documentos pela Web.

Estes processos estabelecem o alicerce: eles são a forma como reunimos e organizamos as informações da Web de modo a retornar os resultados mais úteis para você. Nosso índice ultrapassa os 100.000.000 de gigabytes e exigiu mais de um milhão de horas de computação para ser construído.
Continue lendo “Entenda como funciona o sistema de Pesquisa do Google”

As tendências de marketing online para 2015 – Parte 2

Continuando com as tendências do mundo do marketing online:

Campanhas de mobile in store

Um estudo feito pela Google, indicou que 84% dos usuários de smartphones os utilizam enquanto estão fazendo compras em uma loja física. Com isso, algumas lojas já fizeram campanhas voltadas para estes consumidores. A tendência para 2015 é aumentar ainda mais o potencial de criar experiências significativas e que cativem esta parcela dos clientes, aproveitando a chance de usar o celular como uma ferramenta de vendas ao invés de distração.

 Micro-targeting
Continue lendo “As tendências de marketing online para 2015 – Parte 2”

“O Futuro do SEO” – técnicas, estratégias e práticas

SEO

Uma das questões mais debatidas, ultimamente, sobre SEO é para onde aponta – e apontará – a bússola que norteia a otimização de sites.  A cada atualização do Google, podemos verificar que se faz necessário um novo olhar para todas as questões que circundam o SEO. Essa evolução acontece de maneira tão rápida e feroz que não seria exagero afirmar que o SEO, já não existe mais. Mas isso, não é uma coisa ruim, pelo contrário, é excelente!
Continue lendo ““O Futuro do SEO” – técnicas, estratégias e práticas”