Agência digital especializada em e-commerce – Desenvolvimento de layout pra E-commerce, Tray Commerce,Fbits, MercadoShops, Sites, Design Gráfico. Eleita a agência com melhor atendimento.

Telefonligue agora!

(11) 4115-8384

6 lições para aprender com os maiores e-commerces do Brasil

maiores e-commerces do brasil
Maiores e-commerces do brasil

Maiores e-commerces do brasil, como se tornar um gigante nos tempos atuais

Maiores e-commerces do brasil. O e-commerce é uma modalidade de comércio virtual já familiar para grande parte dos consumidores. Fato que confirma por que ele vem crescendo cada vez mais no Brasil e mundialmente.

E quais seriam os demais motivos que levaram empreendedores e grandes empresas a apostarem no mundo virtual? Maior facilidade de gestão, redução de custos, melhor margem de lucro, flexibilidade para as estratégias comerciais, novas tecnologias e proximidade com os clientes são alguns deles.

Porém, até descobrirem tais vantagens e os demais potenciais desse mercado, muitos e-commerces precisaram aprender duras lições de administração para, só depois, prosperarem. E sabe o que é o melhor dessa história? Seu negócio não precisa viver os mesmos desafios para ter sucesso, basta aprender com as decisões que eles tomaram.

Quer saber o que os maiores e-commerces do Brasil aprenderam em suas jornadas de sucesso? Fizemos uma lista imperdível. Confira!

Maiores e-commerces do Brasil

Entre os maiores e-commerces, não podemos deixar de comentar sobre o trio: B2W, Americanas, Submarino e Shoptime. Este que é um dos mais conhecidos. Além da estratégia de incorporar outros comércios virtuais, a internacionalização de suas vendas também foi outra ação que rendeu resultados.

Também no topo está a Magazine Luiza, que se destacou pelo investimento no atendimento inovador de qualidade da robô Luiza. Já no Privalia, com foco na venda por tempo determinado de marcas exclusivas, o grande diferencial foi o forte apelo para o design de seu ambiente virtual de compras e estratégias que privilegiavam a experiência de uso por smartphones.

Fecham essa lista, ainda, outros gigantes, como o Netshoes, que, hoje, tem um portfólio de produtos imenso. O Grupo Herval, a Dell Computadores, a Máquina de Vendas e outros mais.

Cada um prosperou de forma diferente. Mas todos tiveram, em seus crescimentos, a oportunidade de experimentar estratégias em um mercado, até então, quase inexplorado. Na atualidade, os empreendedores que estão de olho no e-commerce podem aprender com as dicas desses grandes negócios.

Dicas e cases de sucesso no comércio digital

Muitos empresários que estão planejando seus e-commerces ou que já têm uma clientela em crescimento sonham com negócios milionários. Mas, para chegar até lá, é preciso ter muito esforço e fazer decisões acertadas. Aí vão algumas dicas de quem já testou e aprovou algumas estratégias de sucesso.

1. Ofereça atendimento ágil

A dúvida de um cliente pode ser a única coisa que o separa da efetivação da compra. Assim sendo, se ele não for respondido a tempo, a consequência mais provável é que o e-commerce perca a chance de fidelizá-lo.

Essa consequência desastrosa não aconteceria apenas porque o cliente não sanou sua dúvida. Mas também, porque teria sido conduzido para um atendimento ruim, ou, até mesmo, inexistente.

O atendimento ágil é essencial para o sucesso do e-commerce. Por isso, considere criar uma área para perguntas frequentes, oferecer um chat online ou ter um telefone de contato ativo. E crie internamente metas que assegurem tempo máximo de resposta e nível de satisfação dos clientes, por exemplo.

2. Invista em uma boa logística

Um dos grandes diferenciais que um e-commerce pode oferecer é um sistema logístico com qualidade superior aos seus concorrentes. Esse é um ponto sensível para a compra dos clientes, ser o melhor é uma das garantias mais certas para sua fidelização.

A boa logística deve começar na consulta do estoque dos itens. Logo depois, no seu bloqueio no caso de compra e, invariavelmente, na escolha de transportadores confiáveis para finalizar o processo com sucesso.

Dar opções do nível de serviço e tempo de entrega para o cliente também pode ser um bom negócio. Assim, ficará a critério dele escolher entre pagar um envio mais caro ou receber em um tempo maior.

3. Conheça detalhes sobre seu cliente

Gigante com valor de marca de aproximadamente US$ 637 milhões, a Netshoes está sempre atenta às necessidades e interesses de seus diferentes públicos. Talvez o mais antigo deles, composto pelos amantes de esportes, por exemplo, seja atraído por campanhas e produtos que remetem a diferentes atividades físicas.

Com o slogan “Netshoes. Conecta você ao esporte”, já patrocinou times de futebol e, mais recentemente, equipes de jogos eletrônicos. É uma comunicação direta com seu público e uma forma eficiente de personalizar o atendimento e o mix de produtos.

4. Tenha um portfólio de produtos abrangente

Ao mencionar o mix de produtos, não dá para deixar de falar sobre a importância de um portfólio de produtos abrangente. Claro que é preciso respeitar o nicho de mercado e ter um item de venda principal. Mas aumentar o leque de opções de compra é essencial para o sucesso de um e-commerce.

Os maiores e-commerces do brasil especializados em goiaba podem oferecer goiabada, ketchup à base de goiaba, geleia da fruta com diferentes combinações, chutneys, bolos, kits para datas especiais e até vestuários com o tema, por exemplo. E engana-se quem pensa que criar uma variação de produtos, nesse caso, é um grande desafio.

Para aqueles que não têm um produto carro-chefe, a diversificação é ainda mais importante e complexa, afinal de contas, sua oferta de itens é comparada à de outros e-commerces.

5. Ofereça a opção de retirada na loja

Outra tendência que já foi identificada pelos grandes e-commerces é que a comodidade de comprar de onde estiver é muito boa, mas pode ser prejudicada pelo fato de não ter o produto imediatamente depois.

Por isso, oferecer ao cliente a opção de retirar na loja é uma forma de colocar a decisão nas mãos dele, literalmente. Ele pode usufruir da experiência de compra online, das condições de pagamento e demais características, mas retirar seu produto na loja para obtê-lo mais rapidamente.

6. Considere a experiência de uso do e-commerce

Um layout agradável e intuitivo, fotos de qualidade dos produtos, segurança para as transações de cartões de crédito e outros elementos da experiência de uso do e-commerce podem ser ainda melhores.

É possível inserir pequenos vídeos para descrição dos produtos, designs personalizados de acordo com o nicho de atuação e conteúdos otimizados para atrair e fazer com que mais vendas sejam convertidas. Técnicas de marketing de conteúdo e gestão de mídias sociais são algumas dessas soluções que jornalistas e publicitários especializados no ambiente digital podem atribuir aos projetos.

Essas lições ajudaram no crescimento dos maiores e-commerces do Brasil, suprindo as demandas dos compradores, equiparando e, algumas vezes, superando os benefícios oferecidos no comércio tradicional. A experiência de consumo online tornou-se única e relevante, porém, certamente, esses não foram os únicos fatores para o sucesso. Além das estratégias pontuais de cada e-commerce, a mudança de comportamento dos consumidores mostra que a sociedade, de forma geral, está cada vez mais propensa a concentrar suas compras no ambiente virtual.

Quer conhecer outros dados que atestam essa realidade? Confira aqui 12 fatos que mostram como o e-commerce está em franco crescimento no Brasil.