O que mais vende na internet? Veja dados atuais dos líderes de mercado

O que mais vende na internet? Veja dados atuais dos líderes de mercado

Internet – Dados atualizados sobre o e-commerce brasileiro

O que mais vende na internet. Vender produtos pela internet já se consolidou como um bom negócio há algum tempo. Desde 2017 até agora, o número de pedidos do e-commerce brasileiro subiu 8%. Além disso, as pessoas estão gastando mais, já que o ticket médio aumentou em 3,8% em relação ao período anterior.

O que mais vende na internet
O que mais vende na internet. Layout da loja XFit desenvolvida na plataforma do Mercadoshops.

Já ficou bastante claro o quanto você pode ter bons retornos com uma loja virtual, não é? Para ampliar as suas chances de sucesso, você precisa apostar nos segmentos certos. Por isso, é importante conhecer o que mais vende na internet para planejar quais serão as suas estratégias nesse mercado.

Confira a seguir o que mais vende na internet de acordo com a última pesquisa Ebit Webshoppers sobre o mercado de e-commerces brasileiros!

1. Celulares

Em primeiro lugar no ranking de itens que mais vendem na internet estão os telefones celulares, principalmente os smartphones. Os números mostram o quanto esses aparelhos se tornaram importantes para o e-commerce: quase 20% do faturamento das lojas virtuais brasileiras no último ano se refere a esse tipo de produto.

Ainda segundo a pesquisa, a categoria de celulares foi uma das que mais ofereceu o benefício de frete grátis, o que provavelmente motivou muitas compras. Fica nítido o quanto pode ser vantajoso oferecer essa facilidade ao cliente para aumentar as chances de fechar negócio em um produto de valor mais elevado, como é o caso de um smartphone.

2. Eletrodomésticos

Itens como geladeiras, fogões, fornos de micro-ondas, máquinas de lavar, lava-louças, entre outros, correspondem a 17% do faturamento do e-commerce brasileiro no último ano. O setor de eletrodomésticos ocupa essa posição principalmente devido ao preço mais elevado de seus produtos e da alta variedade disponível.

Para aumentar o seu ticket médio ao vender eletrodomésticos em sua loja virtual, considere oferecer facilidades extras a quem compra seus eletrodomésticos. Por exemplo, a garantia estendida pode ser anunciada como algo essencial para o cliente e melhorar os ganhos de sua loja.

3. Eletrônicos

Em terceiro lugar no índice de maior faturamento entre o que mais vende na internet está o setor de eletrônicos. É o caso, por exemplo, de TVs, aparelhos de DVD e Blu-Ray, vídeo-games, tablets, entre outros. Esses produtos representaram 11% dos ganhos do segmento de e-commerce do Brasil no último ano.

Assim como no setor de eletrodomésticos, vale a pena oferecer facilidades relevantes ao cliente para aumentar seu ticket médio, como é o caso da garantia estendida. Além disso, sua loja precisa estar em total sintonia com esse mercado. O consumidor somente comprará de você se seu e-commerce estiver atualizado e contar com as últimas novidades do mercado.

4. Informática

Artigos de informática representaram o quarto maior faturamento em lojas virtuais no último ano, correspondendo a quase 10% do total. Essa área inclui computadores, peças e acessórios para eles e demais dispositivos afins.

Trata-se de uma área com apelo a múltiplos perfis de compradores. Ao mesmo tempo em que você pode vender computadores pré-montados e acessórios, também pode ter sucesso com peças individuais para clientes entusiastas. Em geral, esses itens costumam ser mais caros e capazes de elevar o seu ticket médio.

Continue lendo “O que mais vende na internet? Veja dados atuais dos líderes de mercado”

Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

Promoção memorável para sua loja virtual

Como fazer promoção. Algumas estratégias para e-commerce | loja virtual são tão geniais que muitos empreendedores se perguntam: é possível aprender como fazer promoções memoráveis ou elas são uma realidade apenas de empresas com grandes orçamentos de marketing que contratam agências especializadas?

Como fazer promoção - 7 dicas e ideias perfeitas
Como fazer promoção – 7 dicas e ideias perfeitas

A resposta, felizmente, é que o fator de sucesso não está necessariamente ligado ao quanto se investe para promover seus produtos. E sim, em direcionar sua mensagem para os clientes certos, no momento e nos lugares oportunos.

Quer ver como isso é possível? Reunimos neste post 7 dicas e ideias incríveis que podem turbinar suas vendas online. Confira!

1. Ofereça frete grátis ou reduzido

Um dos motivos pelos quais clientes desistem da compra é o frete cobrado pelo envio. Segundo o relatório E-commerce Trends 2017, 14,3% dos entrevistados disseram não ter concluído a negociação por causa do custo para receber seu produto em casa.

Se clientes não gostam de pagar o frete, os empreendedores também não desejam assumir um custo que vai reduzir seus lucros, certo? Mas com estratégias simples, é possível compensar no volume de vendas. Algumas ideias são:

  • oferecer frete grátis para determinados produtos. O cliente poderá aproveitar a oportunidade para selecionar outros produtos, por exemplo;
  • condicionar a exclusão da cobrança para um valor de compra específico, o que é outro incentivo para aumentar o volume de compras; e
  • criar um valor único e reduzido para todos os fretes, com apelo visual, como R$9,99, por exemplo. Será um bom incentivo para os clientes e terá um impacto menor na margem de lucros.

2. Crie cupons de desconto para sua loja virtual

A lógica por trás dos cupons de desconto é o direcionamento, ou seja, é preciso definir quais potenciais clientes receberão o benefício. Sejam os seguidores de uma rede social. Sejam clientes de um parceiro de negócios. É importante direcionar para um grupo com grande potencial de conversão de vendas, e claro, de fidelização.

Oferecer descontos de produtos de beleza para mulheres de certa faixa etária, por exemplo, é muito mais eficiente do que para o público em geral, que inclui crianças e homens.

3. Estude dados sobre seus clientes para saber como fazer uma promoção personalizada

Para definir essas segmentações, é preciso analisar e criar um perfil do cliente ideal. Determinar seu comportamento de compra, redes sociais que frequenta, e, a partir daí, criar uma buyer persona.

Essa representação do cliente ideal do negócio permitirá que novas promoções e até a forma de se comunicar com o público pelas redes sociais sejam mais personalizadas e eficientes.

Ao criar uma oferta para o público jovem, por exemplo, palavras rebuscadas e formais podem repelir naturalmente os interessados, que não se identificarão com o estilo do e-commerce | loja virtual.

Um bom exemplo de posicionamento é o do brechó virtual Enjoei. Usuários podem se inscrever para vender e comprar produtos, e o site lucra ganhando uma parte dos valores das transações. Seu público valoriza o consumo sustentável, peças com apelo sentimental que relembrem a infância ou pessoas queridas, como brinquedos antigos e pinguins de geladeira, e que, além disso, não sejam caras.

Nas descrições de produtos, newsletters e banners do site, a linguagem valoriza esses pontos e faz com que seus usuários se sintam representados. Como consequência, muito mais negócios são gerados.

4. Explore datas comemorativas e faça parte da Black Friday

Datas comemorativas que movimentam o comércio como Black Fridays também atingem em cheio os e-commerces | lojas virtuais. No entanto, como existe a barreira da distância, explorar esses eventos exige promoções mais atrativas e coordenadas com datas de entregas interessantes.

Em outras palavras, crie ofertas que atraiam os clientes para adquirir seus produtos com antecedência. Ofereça benefícios como prazo de troca estendido e embalagem especial.

Uma boa dica para essa estratégia é personalizar o e-commerce | loja virtual, seus banners e também as interações das redes digitais. Na Páscoa, mesmo que o produto da loja virtual não seja diretamente ligado a chocolates, usar referências da data pode envolver e atrair os visitantes.

5. Utilize descontos progressivos para aumentar o ticket médio de compra

Descontos progressivos ou do tipo “pague 2 e leve 3” também têm um apelo interessante no e-commerce | loja virtual. Isso porque as pessoas que preferem fazer compras pela internet valorizam o tempo e o conforto que têm para escolherem seus itens.

Ao oferecer a possibilidade de levar mais ou por menos, a tendência é que elas sintam mais prazer durante a escolha e fechamento da compra. Além de satisfazer o público com seus produtos, a experiência de compra também favorecerá sua fidelização.

6. Faça eventos e concursos

Criar concursos e eventos que envolvam os clientes diretamente com o e-commerce | loja virtual é uma estratégia que:

– Fortalece a marca e gera assunto nas redes sociais.

Sorteios de prêmios e concursos culturais oferecidos para os compradores de determinado produto ou período podem incentivar as vendas e ainda criar mais engajamento e vínculo com a loja.

7. Promoções-relâmpago que envolvam causas sociais

Anunciar e criar promoções-relâmpago também é uma forma de incentivar as compras. Nesse momento, em que clientes estão online, incentive que eles revisitem a loja virtual para saber sobre novas oportunidades.

Como fazer promoção. Uma boa prática é associá-las com posicionamentos sociais, destinando parte dos lucros para alguma causa que a loja virtual apoia. As novas gerações de consumidores demonstram maior interesse e fidelização com empresas e lojas que tenham uma mesma filosofia.

Comemore o aniversário do e-commerce | loja virtual e aproveite esse apelo social. Inclusive, é uma forma de fazer com que os clientes aguardem essas datas. Priorizando comprass naquele período e indicando/incentivando amigos e conhecidos a apoiarem a causa.

Além de fazer um bem a terceiros, isso favorece as vendas do e-commerce | loja virtual e o relacionamento com seus clientes, ou seja, todos saem ganhando.

Além de saber como fazer promoção, é importante melhorar a forma de se relacionar com os clientes nas redes sociais. Investir em estratégias como links patrocinados e remarketing podem, atrair o comprador que tenha desistido da compra durante o processo.

Uma boa prática para seu negócio? Criar conteúdos otimizados para manter o engajamento do público e conquistar novos leads para sua loja virtual. Quer saber mais sobre elas e outras estratégias para potencializar suas vendas? Acompanhe nossas novidades pelo Facebook ou acesse nossos projetos e materiais ricos no Instagram.

Confira os 10 melhores produtos para vender online

Quer criar um e-commerce e não sabe qual setor investir?

As lojas virtuais estão crescendo no Brasil. O e-commerce é um setor que cresce em meio a crise econômica do país. Mas qual são os produtos mais procurados no ambiente virtual?

A EBIT realizou uma pesquisa e apontou quais são os 10 produtos que mais vende online.

Veja quais são:

1- Eletrodomésticos

2- Smartphones

3- Eletrônicos

4- Suprimentos de Informática

5- Casa e Decoração

6- Roupas e Acessórios

7- Cosméticos

8- Livros

9- Acessórios Automotivos

10- Artigos Esportivos

Pronto para começar sua loja virtual de sucesso? Conheça nosso serviços

 

7 tendências para seu e-commerce sair na frente

Descubra como deixar seu e-commerce mais lucrativo

A crise não diminuiu o crescimento do comércio online. O e-commerce cresceu 11% em relação ao ano anterior, movimentando R$ 53,4 milhões. Acompanhar as tendências de mercado e criar melhorias é um passo importante para manter-se a frente de concorrentes cada vez mais presentes.

Confira abaixo:

1- O cliente em primeiro lugar

Além da comodidade e conveniência, as lojas virtuais precisam se preocupar com a experiência do usuário, cada vez mais exigente. Uma loja precisa transmitir segurança, boa experiência de compra, ofertas relevantes e atendimento personalizado.

2- Mensure e analise sempre

Uma das vantagens do e-commerce é a possibilidade de testar e ver o que dá certo e o que não funciona. A mensuração fornece uma visão aprofundada e maior alcance sobre o comportamento do cliente dentro da loja, possibilitando conversões maiores.

3- Atendimento ao cliente mais próximo e interações em tempo real

Um atendimento personalizado e humanizado atrai mais clientes a realizarem uma compra na sua loja. Um exemplo são ferramentas de chat online, redes sociais, SMS e newsletter. Outro fator é interações que podem ser feitas diretamente como: citar nominalmente o cliente no blog, interações em redes sociais, otimizar interação da loja, etc.

4- Crescimento do mobile

Uma loja responsiva (que se adapta no celular) é cada vez mais importante com o aumento do uso de celular para compras online. Quem investir no e-commerce mobile e focar no atendimento diferenciado conseguirá crescer neste mercado.

5- Venda via redes sociais

É possível vender mais através das redes sociais. É preciso engajamento, criatividade e presença da empresa. Para isso, é preciso mensurar, testar e analisar o que está funcionando nas suas redes sociais e o que pode melhorar.

6- Cuidado com as entregas no mesmo dia

Muitos clientes gostam de receber o item rapidamente, mas é preciso verificar se esta é a melhor opção para seu público-alvo e se sua atual estrutura consegue oferecer a opção.

7- Small Data é tendência estratégica

A Small Data ganha traz espaço para insights e ideias exclusivas. A estratégia constitui em avaliar o consumidor de perto durante toda a sua rotina. O método proporciona a visão para novas inovações que o cliente poderia utilizar para facilitar no seu dia a dia.

Quer ter uma loja profissional? Conheça nossos planos!

Quais serão as tendências do mercado em 2017?

O celular será o principal canal de vendas deste ano

Um relatório realizado pela Criteo aponta que, uma das tendências neste ano, é o aumento de vendas pelo celular. As pessoas se sentirão confortáveis para comprar produtos de valores maiores pelo celular.
Confira outras tendências para este ano:

Continue lendo “Quais serão as tendências do mercado em 2017?”

Sua loja física pode te ajudar a criar o seu e-commerce

Dicas importantes sobre como ampliar sua visão no e-commerce

Quem é vendedor, entende a essência de vender. Mas é preciso entender que as lojas online tem suas peculiaridades. Não adianta copiar tudo o que funciona no varejo físico. É preciso avaliar o que é possível aproveitar para a loja virtual. Por isso preparamos algumas dicas de como começar sua loja virtual.
1- Invista em publicidade

A publicidade online não é tão cara quanto as mídias tradicionais. Invista em publicidade com escala e conversão. Atualmente, temos diversos meios para isso: Google, Facebook, Twitter, Instagram, Sites conhecidos.
2- Cuidado com a gestão do estoque

Ter uma enorme variedade de produtos não é a prioridade. É melhor investir em uma quantidade maior de estoque.
3- Pense diferente

O mundo virtual é diferente! Ter redes sociais e criar posts divertidos pode fazer toda a diferença na hora de conhecer sua loja.
4- Controle de custos

Lembre-se que a loja virtual terá custo de frete, controle de envio e isso alterará a forma de calcular preços de venda.
Na hora de entrar no mundo virtual, seja cuidadoso. Para atingir sucesso nas vendas online, procure profissionais qualificados que tenham experiência.