Agência digital especializada em e-commerce – Desenvolvimento de layout pra E-commerce, Tray Commerce,Fbits, MercadoShops, Sites, Design Gráfico. Eleita a agência com melhor atendimento.

Telefonligue agora!

(11) 4115-8384

Remarketing e retargeting: saiba como converter quem já visitou a sua loja

Remarketing e retargeting: saiba como converter quem já visitou a sua loja
Remarketing e retargeting: saiba como converter quem já visitou a sua loja

A tecnologia permitiu grandes avanços na área de marketing, possibilitando o desenvolvimento de estratégias cada vez mais inteligentes. Esse é o caso de determinados conceitos, como o remarketing e o retargeting.

Quando usamos a internet, na verdade, estamos emitindo vários sinais sobre as nossas preferências ao navegar pelas páginas. Essas pistas podem ser usadas para construir um perfil bastante fiel sobre quem somos e o que queremos.

A partir desse recurso, é possível ter excelentes resultados com remarketing e retargeting. Essas estratégias envolvem impactar somente o público com maiores chances de converter, baseando-se no perfil e nos interesses dele.

No artigo a seguir, você conhecerá mais a respeito de remarketing e retargeting, além de entender como implementar essa ideia em sua estratégia.

Quais as diferenças entre remarketing e retargeting?

É muito comum se confundir em relação às diferenças entre esses dois conceitos. Afinal, além de terem o nome parecido, também se referem a ideias bastante próximas umas das outras.

O termo remarketing é usado para agregar diversas outras iniciativas de marketing semelhantes, incluindo o retargeting. Por exemplo, pode-se dizer que o remarketing envolve o desenvolvimento de estratégias voltadas para o envio de e-mail marketing baseadas em critérios contextuais.

Já o retargeting, outra modalidade de direcionamento de conteúdo, ocorre quando a estratégia procura impactar um público com determinadas ofertas após demonstrar um interesse inicial nelas. É o caso, por exemplo, de mostrar um anúncio de tênis esportivos para quem já visualizou alguns em um e-commerce.

Confira, a seguir, mais detalhes a respeito de cada uma dessas possibilidades e seus principais diferenciais:

Remarketing

Em geral, costuma-se associar remarketing a soluções que envolvam e-mail marketing e automação. Além de permitir o contato com um público interessado no seu produto, a medida também proporciona o ganho de produtividade vindo dos processos automatizados.

Em síntese, o remarketing se refere a estratégias que se baseiam nas ações do público para gerar reações estratégicas. Por exemplo, se alguém visita uma loja virtual e abandona um carrinho cheio, essa pessoa pode receber um e-mail com um cupom de desconto.

Tal reação pode ser determinante para esse cliente decidir voltar até a loja para completar a compra. Além disso, seria algo impensável de fazer sem a ajuda da automação de marketing. Dessa forma, esse e-mail do exemplo seria sempre disparado assim que a ação se completasse.

Retargeting

O objetivo principal de uma estratégia de retargeting é impactar um mesmo cliente várias vezes com ofertas que sejam relevantes aos interesses dele. O maior diferencial desse recurso é fazer o uso de mais de uma única plataforma para interagir com esse público.

Ou seja, tal jornada pode se iniciar ao visualizar as informações sobre um produto em um e-commerce e, depois, continuar ao visualizar um anúncio sobre ele mesmo enquanto está usando o Facebook. A tecnologia permite esse cruzamento de dados.

Dessa forma, o diferencial do retargeting é atingir um público de maneira altamente qualificada, independentemente de onde ele está. Para isso, são usados scripts e algoritmos que precisam ser suportados pelas plataformas envolvidas.

Como implementar remarketing e retargeting no e-commerce?

Estude o perfil do seu público-alvo

O bom funcionamento de uma estratégia de remarketing e retargeting depende bastante da sua capacidade de entender o comportamento do seu público para se antecipar em relação a ele.

Dessa forma, antes de implementar a sua estratégia, você precisa pesquisar a fundo como o seu público se comporta. Observe os processos de compra do seu site, os tipos de conteúdo que essas pessoas consomem, entre outros.

Confira as possibilidades de cada plataforma

Esse tipo de estratégia depende bastante da tecnologia associada às plataformas em que o seu público está presente. Então, para começar, você precisa conferir se esses recursos funcionam bem.

Por exemplo, é plenamente possível conectar o seu e-commerce ao Facebook e rastrear o mesmo cliente com fidelidade. Isso também vale para pesquisas no Google.

Planeje e execute as suas ações

Quais critérios serão usados para atingir seu público e quais ofertas serão enviadas? Esse é o momento de pensar nesses aspectos da sua estratégia.

Existem inúmeras possibilidades nesse ponto. Você pode aproveitar as ações realizadas pelo visitante no site da sua loja, ou exibir anúncios personalizados para ele no Facebook. Também é possível incluir o e-mail marketing nessa estratégia e impactar sua audiência de forma segmentada.

Quais erros evitar ao trabalhar com remarketing e retargeting?

Não planejar os fluxos de automação

Parte decisiva para o sucesso da estratégia de remarketing e retargeting envolve o planejamento dos fluxos de automação. Eles devem refletir a realidade do seu público e ser capazes de impactar o perfil certo de cliente.

Para isso, é essencial conhecer, de forma aprofundada, cada etapa da jornada de compra do seu cliente, além das principais possibilidades contidas nas plataformas usadas por essas pessoas.

Confundir correlação com causalidade

Nem sempre dois traços de personalidade estão diretamente ligados. Ao analisar os sinais enviados pelo seu público para construir a sua estratégia de remarketing e retargeting, tome cuidado para não supor alguma ideia incorreta.

Preste sempre atenção a todas as informações disponíveis em relação ao contexto, como época do ano, gênero, plataforma utilizada, tipo de produto, entre outros.

Não ajustar sua estratégia ao longo do tempo

O que é definido no início da sua estratégia de remarketing e retargeting pode não permanecer relevante por muito tempo.

Para isso, permaneça em sintonia com o seu público. Observe os processos pelos quais ele passa ao interagir com a sua empresa e produtos, fazendo alterações nos seus fluxos conforme necessário. Levando em conta os principais atrativos desses recursos, fica nítido o quanto eles podem contribuir positivamente para a sua estratégia de marketing e os seus resultados.

Agora, é o momento de se voltar para o quanto você sabe a respeito da jornada de compra do seu público-alvo e começar a planejar os critérios que revelam interesse no seu produto. Depois disso, passe a elaborar como será a sua abordagem.

A implementação de uma estratégia que envolva remarketing e retargeting é uma ótima forma de garantir o acesso às fatias certas do público com maiores chances de conversão. Bom trabalho!

Restou alguma dúvida sobre remarketing e retargeting? Então, deixe a sua pergunta no campo abaixo!


CONTATO

DESCUBRA NOSSO JEITO DE FAZER DESIGN

captcha

Endereço

Rua Antonio de Macedo Soares, 1590
Campo Belo | São Paulo – SP | 04607-003

Telefone

+55 (11) 4115-8384

Email

contato@seriedesign.com.br

Mídias sociais