E-commerce e Mercado Livre: entenda essa relação em 6 perguntas

E-commerce e mercado livre
E-commerce e mercado livre

E-commerce e mercado livre, sua gestão não é fácil. Existem inúmeros fatores que impactam diretamente nos resultados finais do seu negócio. Marketing, vendas, design, tecnologia, enfim, são diversas áreas para se preocupar com o bom funcionamento. Caso alguma delas não esteja sendo bem executada, é provável que os seus resultados apresentem números pouco satisfatórios.

Dessa forma, muitos lojistas apostam em marketplaces para auxiliar no processo de vendas, afinal, a maioria das responsabilidades passa a ser do portal que promove esse tipo de serviço. O principal deles? O Mercado Livre.

Nesse artigo, vamos abordar quais são as principais dúvidas e respostas sobre a relação entre e-commerce e Mercado Livre, das questões mais simples às mais importantes para você poder avaliar da melhor maneira possível se essa é uma estratégia viável para adotar no seu negócio! Continue a leitura para tirar todas as suas dúvidas!

A importância para o seu negócio

Qualquer e-commerce precisa estar constantemente em evolução, sempre buscando as maneiras mais inovadoras e eficientes de se fazer negócio, pensando sempre na experiência que o usuário vai ter ao realizar uma compra de um produto ou contratar algum serviço.

Uma das tendências para os próximos anos é o aumento da exigência dos consumidores por empresas que pensem em estratégias de Omnichannel, ou seja, diferentes canais de comunicação e venda para os seus clientes.

Portanto, ignorar o impacto e relevância que os marketplaces têm no Brasil é um erro grave. Ainda mais quando falamos no Mercado Livre. O site, criado em 1999, tem mais de 150 milhões de usuários cadastrados e é o 10º site de e-commerce mais acessado no mundo.

Caso a sua empresa precise de novas frentes de negócios, busque novos meios de impactar os seus clientes. Talvez uma parceria com o Mercado Livre possa ser uma solução interessante e eficiente a curto prazo.

Seis perguntas e respostas para acabar com as suas dúvidas

Para não deixar dúvidas, listamos abaixo seis perguntas para te ajudar a definir se integrar o seu e-commerce e Mercado Livre é uma boa estratégia para você conseguir alcançar os seus objetivos e metas.

1. E-commerce e o Mercado Livre, qual é a relação entre eles?

A função do Mercado Livre é realizar a comunicação entre um vendedor e o consumidor, oferecendo como maior benefício o grande número de cadastros realizados em sua plataforma de vendas.

Em um primeiro momento, a maioria dos vendedores era independente, o que passava, certa falta de credibilidade para os compradores. Nos últimos anos, porém, esse estigma foi ficando de lado e, além de oferecer mais segurança para os seus usuários, empresas de e-commerce começaram a enxergar potencial em anunciar seus produtos na plataforma.

2. Como ambos funcionam conjuntamente?

Como qualquer marketplace, o usuário cadastra os produtos desejados no site e os anuncia de maneira gratuita ou paga. Ao pagar uma taxa, os seus produtos anunciados vão ganhar maior projeção dentro do Mercado Livre.

Com o seu e-commerce não será diferente. Você seleciona os produtos que também deseja anunciar no Mercado Livre e eles estarão disponíveis para os usuários da plataforma realizarem a compra.

3. Quem tem loja virtual pode usar o ML?

Sim. A ideia de integrar e-commerce e Mercado Livre é uma maneira inteligente de oferecer diferentes canais de relacionamento. Além disso, ao anunciar seus produtos no marketplace, você está impactando um público diferente e isso pode facilitar o crescimento do número de clientes.

Ter uma loja virtual não é nenhum impeditivo para que você também tenha produtos anunciados no Mercado Livre. Uma plataforma não exclui a outra, pelo contrário, quando bem utilizado, o marketplace pode ser uma estratégia positiva para negócio.

4. É possível fazer a integração?

Sim. Com a sincronização da sua página com a do Mercado Livre, sempre que adicionar as informações de um novo produto, por exemplo, no seu site, elas serão adicionadas ao Mercado Livre automaticamente.

Além disso, dependendo da estratégia adotada, você pode selecionar produtos específicos para anunciar no Mercado Livre. Ou seja, não é obrigatório disponibilizar todas as suas mercadorias no marketplace, apenas o que for do seu interesse, o que também é importante para facilitar o seu controle.

5. Vale a pena integrar?

Tudo depende do momento em que o seu negócio se encontra. Quer melhorar os resultados de vendas? Testar alguns produtos com um público diferente do que frequenta o seu site? Então integrar a sua loja virtual ao Mercado Livre pode ser uma estratégia interessante.

O ponto positivo da integração é a praticidade de conseguir atualizar, de uma só vez, as informações no seu site e também na plataforma de marketplace, facilitando ainda mais as suas tarefas e tornando a integração mais interessante.

6. O que considerar nesse momento?

Para adotar a integração entre a sua loja e o Mercado Livre, alguns pontos a se considerar são muito importantes. Por um lado, o marketplace oferece milhões de visitantes por mês, uma plataforma simples para realizar as vendas e diferentes formas de ampliar o público impactado com os seus produtos.

Por outro lado, a concorrência é muito mais acirrada, já que você está competindo pela atenção do cliente com milhares de lojistas independentes e e-commerce. Além disso, quando utiliza os anúncios pagos — que são os mais eficientes —, as taxas do marketplace costumam ser muito elevadas.

E-commerce e Mercado Livre – planejamento é fundamental antes da integração

Independentemente da sua estratégia para aumentar as vendas ou melhorar as suas taxas de conversão, é fundamental realizar um planejamento aprofundado sobre os impactos positivos e negativos que a integração entre e-commerce e Mercado Livre oferece.

Portanto, lembre-se de colocar no papel todos os prós e contras antes de adotar uma estratégia.

Nesse artigo, destrinchamos qual a importância em se pensar na utilização do Mercado Livre.  Como uma ferramenta de expansão para a sua loja virtual?  Além disso, destacamos os questionamentos mais recorrentes e importantes sobre o tema para não te deixar com nenhuma dúvida.

Agora que você já tirou suas dúvidas sobre integrar e-commerce e Mercado Livre, que tal se aprofundar em outro tema? Confira o nosso conteúdo sobre as diferentes plataformas de e-commerce disponíveis. Acesse o nosso Facebook curta e compartilhe com seus amigos!