E-commerce é protagonista da nova série da NetFlix

Conheça a história da loja Nasty Gal

Nesta sexta-feira (21) estreou GirlBoss, a nova série da Netflix que  conta a história de Sophia Amoruso, criadora da Nasty Gal, loja de  e-commerce mundialmente conhecida pelas fashionistas.

Antes de construir seu império da moda, Amoruso comia pão do lixo, roubava objetos e trabalhava em empregos com baixos salários. Cansada da sua situação decidiu abrir a loja para pagar o aluguel.

A empreendedora começou em 2006 vendendo roupas customizadas no Ebay. Ebay é uma plataforma de negociações com modelo de negócio marketplace fundada nos EUA. Alguns sites encontrados no Brasil semelhantes são: Mercado Livre, OLX, Bom Negócio.

Com o crescimento da sua loja no Ebay, a empreendedora decidiu abrir sua própria loja online e alavancou suas vendas online.

Atualmente a Nasty Gal fatura mais de U$100 milhões e atende consumidores em 150 países. São mais de 350 funcionários divididos entre a loja virtual e 2 lojas físicas situadas em pontos disputados de Los Angeles. As lojas são visitadas por celebridades como Lena Dunham e Kendall Jenner.

Além da série, Sophia Amoruso escreveu a autobiografia #Girlboss em 2014 e também montou a Girlboss Foundation, que ajuda e divulga iniciativas de mulheres inovadoras pelo mundo.
Conheça a Nasty Gal

Quer começar um comércio online? Conheça nossas soluções

 

Jacques Janine é a nova loja criada pela Seri.e

Conheça a história da primeira rede de salões de beleza da América Latina

A nova loja criada pela Seri.e Design é a do salão Jacques Janine. O salão criado por Jacques e Janine Goossens está no mercado de beleza há 59 anos, e é conhecido pelo pioneirismo na área de estética e maquiagem social. São mais de 60 unidades espalhadas por todo o Brasil e uma instalada na Flórida, Estados Unidos.

Continue lendo “Jacques Janine é a nova loja criada pela Seri.e”

6 Motivos para abrir uma loja virtual

Nos próximos anos, o varejo virtual aumentará de 3% para 6% do varejo total

Dados da Euromonitor International prevê que no Brasil, a paticipação das vendas online em 2019 será de 4.3% do total de vendas no país, atingindo U$ 19.1 bilhões.
Nos Estados Unidos e em alguns países Europeus e Asiáticos, as vendas online já são de 9%. Segundo o Ebit, a participação das lojas virtuais brasileiras já são mais de R$ 41 Bilhões em vendas anuais.
Motivos para abrir uma loja virtual:
1- Crescimento do setor e previsão de aumento nos próximos anos

Não fique para trás! O aumento das lojas virtuais já é estimativa econômica.

2- A praticidade de fazer compras online

As pessoas buscam praticidade no dia a dia. Segundo estudos do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 33% dos compradores reconhecem a economia de tempo uma grande vantagem das compras online.

3- Comprar pela internet está mais seguro

Antigamente as pessoas tinham receio de comprar virtualmente, mas essa percepção mudou. Estudos apontam que numa escala de zero a dez, o índice médio de satisfação do consumidor brasileiro com as compras online é de 9.3
4- É fácil pesquisar e comprar os preços

Uma das vantagens do e-commerce é comparar preços e lojas dentro de casa.

5- O número de pessoas conectadas aumentou no Brasil

Segundo o IBGE, 50% das casas brasileiras tem internet.

6- Crescimento de smartphones com acesso a internet

Pesquisas revelam que há mais linhas de celulares que pessoas no mundo! O crescimento do aparelho contribui para o aumento de usuários online.

92% dos usuários que visitam pela primeira vez desistem da compra se o site não parecer confiável

98% desistem se falta alguma informação no site

De acordo com o relatório “Reimagining Commerce”, 45% dos visitantes entram em um e-commerce (site online de vendas) em busca de produtos ou serviços que a loja oferece e outros 25% estão comparando preços. Uma entre dez pessoas que estão procurando detalhes da loja.

A experiência do usuário também é importante na hora da compra. Um terço dos usuários entram através de dispositivos, o que demonstra a importância do site adaptado para celular. Eles levam em consideração desde a navegação até o checkout, e deixam de comprar se houver problema em alguma etapa. Na hora da venda, o usuário busca conteúdo relevante, customizado e simples.

Os relatórios apresentam também que cerca de 91% dos entrevistados pretendem realizar mais compras online. Mas o conteúdo básico, não será mais bem visto aos consumidores online, que estão cada vez mais exigentes.

Entenda como funciona o sistema de Pesquisa do Google

Bilhões de vezes por dia, em um piscar de olhos. É assim que a Pesquisa do Google acontece. Explore a arte e a ciência que tornam isto possível.

A jornada de uma consulta começa antes mesmo que você digite sua pesquisa, com o rastreamento e a indexação de trilhões de documentos pela Web.

Estes processos estabelecem o alicerce: eles são a forma como reunimos e organizamos as informações da Web de modo a retornar os resultados mais úteis para você. Nosso índice ultrapassa os 100.000.000 de gigabytes e exigiu mais de um milhão de horas de computação para ser construído.
Continue lendo “Entenda como funciona o sistema de Pesquisa do Google”

As tendências de marketing online para 2015 – Parte 2

Continuando com as tendências do mundo do marketing online:

Campanhas de mobile in store

Um estudo feito pela Google, indicou que 84% dos usuários de smartphones os utilizam enquanto estão fazendo compras em uma loja física. Com isso, algumas lojas já fizeram campanhas voltadas para estes consumidores. A tendência para 2015 é aumentar ainda mais o potencial de criar experiências significativas e que cativem esta parcela dos clientes, aproveitando a chance de usar o celular como uma ferramenta de vendas ao invés de distração.

 Micro-targeting
Continue lendo “As tendências de marketing online para 2015 – Parte 2”

“O Futuro do SEO” – técnicas, estratégias e práticas

SEO

Uma das questões mais debatidas, ultimamente, sobre SEO é para onde aponta – e apontará – a bússola que norteia a otimização de sites.  A cada atualização do Google, podemos verificar que se faz necessário um novo olhar para todas as questões que circundam o SEO. Essa evolução acontece de maneira tão rápida e feroz que não seria exagero afirmar que o SEO, já não existe mais. Mas isso, não é uma coisa ruim, pelo contrário, é excelente!
Continue lendo ““O Futuro do SEO” – técnicas, estratégias e práticas”