7 tendências para seu e-commerce sair na frente

Descubra como deixar seu e-commerce mais lucrativo

A crise não diminuiu o crescimento do comércio online. O e-commerce cresceu 11% em relação ao ano anterior, movimentando R$ 53,4 milhões. Acompanhar as tendências de mercado e criar melhorias é um passo importante para manter-se a frente de concorrentes cada vez mais presentes.

Confira abaixo:

1- O cliente em primeiro lugar

Além da comodidade e conveniência, as lojas virtuais precisam se preocupar com a experiência do usuário, cada vez mais exigente. Uma loja precisa transmitir segurança, boa experiência de compra, ofertas relevantes e atendimento personalizado.

2- Mensure e analise sempre

Uma das vantagens do e-commerce é a possibilidade de testar e ver o que dá certo e o que não funciona. A mensuração fornece uma visão aprofundada e maior alcance sobre o comportamento do cliente dentro da loja, possibilitando conversões maiores.

3- Atendimento ao cliente mais próximo e interações em tempo real

Um atendimento personalizado e humanizado atrai mais clientes a realizarem uma compra na sua loja. Um exemplo são ferramentas de chat online, redes sociais, SMS e newsletter. Outro fator é interações que podem ser feitas diretamente como: citar nominalmente o cliente no blog, interações em redes sociais, otimizar interação da loja, etc.

4- Crescimento do mobile

Uma loja responsiva (que se adapta no celular) é cada vez mais importante com o aumento do uso de celular para compras online. Quem investir no e-commerce mobile e focar no atendimento diferenciado conseguirá crescer neste mercado.

5- Venda via redes sociais

É possível vender mais através das redes sociais. É preciso engajamento, criatividade e presença da empresa. Para isso, é preciso mensurar, testar e analisar o que está funcionando nas suas redes sociais e o que pode melhorar.

6- Cuidado com as entregas no mesmo dia

Muitos clientes gostam de receber o item rapidamente, mas é preciso verificar se esta é a melhor opção para seu público-alvo e se sua atual estrutura consegue oferecer a opção.

7- Small Data é tendência estratégica

A Small Data ganha traz espaço para insights e ideias exclusivas. A estratégia constitui em avaliar o consumidor de perto durante toda a sua rotina. O método proporciona a visão para novas inovações que o cliente poderia utilizar para facilitar no seu dia a dia.

Quer ter uma loja profissional? Conheça nossos planos!

6 Motivos para abrir uma loja virtual

Nos próximos anos, o varejo virtual aumentará de 3% para 6% do varejo total

Dados da Euromonitor International prevê que no Brasil, a paticipação das vendas online em 2019 será de 4.3% do total de vendas no país, atingindo U$ 19.1 bilhões.
Nos Estados Unidos e em alguns países Europeus e Asiáticos, as vendas online já são de 9%. Segundo o Ebit, a participação das lojas virtuais brasileiras já são mais de R$ 41 Bilhões em vendas anuais.
Motivos para abrir uma loja virtual:
1- Crescimento do setor e previsão de aumento nos próximos anos

Não fique para trás! O aumento das lojas virtuais já é estimativa econômica.

2- A praticidade de fazer compras online

As pessoas buscam praticidade no dia a dia. Segundo estudos do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 33% dos compradores reconhecem a economia de tempo uma grande vantagem das compras online.

3- Comprar pela internet está mais seguro

Antigamente as pessoas tinham receio de comprar virtualmente, mas essa percepção mudou. Estudos apontam que numa escala de zero a dez, o índice médio de satisfação do consumidor brasileiro com as compras online é de 9.3
4- É fácil pesquisar e comprar os preços

Uma das vantagens do e-commerce é comparar preços e lojas dentro de casa.

5- O número de pessoas conectadas aumentou no Brasil

Segundo o IBGE, 50% das casas brasileiras tem internet.

6- Crescimento de smartphones com acesso a internet

Pesquisas revelam que há mais linhas de celulares que pessoas no mundo! O crescimento do aparelho contribui para o aumento de usuários online.

Netflix lançará serie inspirada em design, conheça a Abstract: The Art of Design

Serie contará a história dos maiores visionários de design do mundo

Os fanáticos por Netflix tem mais um motivo para se ligar na plataforma, Abstract: The Art of Design mostra a trajetória, as inspirações, os trabalhos e as principais referências de alguns dos profissionais mais visionários e criativos do universo contemporâneo das artes e do design.

Dirigida por Morgan Neville, a serie contará com oito episódios estréia dia 10 de fevereiro, a Netflix disponibilizou o primeiro trailer de Abstract: The Art of Design, confira:

10 erros de Design que sua empresa pode estar cometendo e não sabe!

bad-design

Na concepção de um site ou e-commerce, os critérios visuais e técnicos devem andar lado a lado, certo? Todas as empresas querem construir uma página visualmente atraente e tecnicamente performática. Afinal, de nada adianta levar em conta o design se a usabilidade é ruim.

Nesse post, aponto alguns erros de design que podem comprometer o desempenho da principal porta de entrada de seus potenciais clientes no ambiente digital. Procure avaliar ponto a ponto e tentar aplicar em seu site ou loja virtual. Prontos para começar? Então vamos lá:

1)Imagens muito pesadas

O principal erro na maioria dos sites e e-commerces. As imagens são as maiores responsáveis pelo tempo de carregamento da página, e podem significar a desistência do visitante/cliente. Também é importante considerar que muitos usuários acessam a web pelo celular, com uso restrito de dados. Você não quer ser o responsável por acabar com o pacote de dados do seu cliente, certo?

Solução: Otimize as imagens, e as substitua por imagens mais leves. O ideal é que imagens grandes não passem de 100kb e imagens pequenas tenham no máximo 50kb. Ícones, botões e demais objetos menores não podem passar de 10kb. Você pode usar ferramentas como o Tinypng para reduzir suas imagens sem perdas perceptíveis de qualidade ou mesmo transparência.

2)Imagens Pixeladas

As imagens ficam com aparência “pixelada” por duas razões: imagens muito grandes que foram comprimidas ou imagens muito pequenas que foram expandidas. É um erro bem comum e fácil de ser corrigido.

Solução: Use imagens no tamanho correto para que elas não percam em qualidade.

3)Objetos “flutuando”, sem sombra

Como todos os demais elementos, os objetos e imagens fazem parte do design de seu site ou loja virtual. Sendo assim, eles precisam estar inseridos na página. Lembre-se: os objetos produzem sombra quando expostos a fontes de luz. Da mesma forma, as imagens da web representam objetos reais, e precisam da sombra própria. Atente para isso antes de incluir imagens no site sem sombra.

Solução: Lembre-se de conferir cada imagem antes de publicá-la no site a fim de evitar que os objetos pareçam flutuar.

4)Imagens muito chamativas

Nem sempre chamar a atenção do cliente pode ser benéfico para sua página. Seu visitante fica perdido quando é bombardeado visualmente. Pondere! Se sua imagem prende muito a atenção, ela pode vir a atrapalhar o foco principal da sua página – navegação, interação e conversão.

Solução: Use imagens somente quando necessário. Observe se sua imagem não desvia o foco principal da página. Ferramentas de Heatmap são muito úteis para essa conferência.

5)Cores sem contraste ou com muito contraste

A escolha de cores é fundamental para a boa visualização do seu site. O contraste correto é responsável pelo entendimento do seu conteúdo. Usar cores muito parecidas ou muito opostas pode dificultar a visualização da sua página.

Solução: De modo geral, não use cores claras em fundos claros nem tons escuros em fundos escuros. Veja no exemplo abaixo:

6) Cores que não combinam

Ainda no exemplo acima, veja como os tons de vermelho e verde não harmonizam entre si. Também é importante seguir um padrão. Se uma página do seu site tem design mais voltado para o laranja, não convém usar outros detalhes em roxo, por exemplo.

Solução: Uma rápida pesquisa sobre Teoria das Cores pode dar boas dicas para a escolha correta da paleta de tons mais adequada.

7)Estilos diferentes de design

Sabe aquela dica básica de moda que xadrez e listrado não combinam? Você pode usá-la em seu site também. Usar diferentes estilos na mesma seção do site não convém. Se você usa ícones para suas subseções, continue usando ícones para todas; se sua página é mais voltada ao flat, não convém usar objetos muito realistas, ou mesmo sombras que não sigam esse estilo.

Solução: Procure seguir um padrão nas diversas seções de seu site para manter a harmonia de todo o conjunto de elementos.

8)Diferenças de alinhamento

O alinhamento dos elementos é ideal para a organização do seu site. Com os alinhamentos padronizados você transmite mais firmeza e confiança. Uma página bagunçada pode soar como desleixo ou amadorismo.

Solução: Revise conteúdos e imagens publicados e, se necessário, realinhe esses elementos para dar um ar mais profissional ao site.

9)Espaços em branco

Um erro muito comum e que muitas vezes não é notado pelo desenvolvedor, mas percebido facilmente pelos clientes. Muitos espaços ficam vazios, sem conteúdo, e simplesmente não acrescentam nada a sua página.

Solução: Lembre-se que organização é fundamental. Preencha esses espaços com material relevante para a navegação.

10)Falta de espaço

Erro oposto ao anterior, mas também muito comum. É bem desconfortável pegar o ônibus lotado, né? Também é muito desconfortável navegar em um site lotado de informações e estímulos. Perdido em meio à poluição visual, o usuário não se sente confortável no site.

Solução: O ideal é sempre deixar um espaço suficiente entre os elementos para que eles possam respirar e conviver harmoniosamente.

Espero que as dicas acima possam ser úteis para aprimorar ainda mais a qualidade do seu site e profissionalizar a forma como você se apresenta aos seus clientes na web.

fonte: ecommercenews

Criatividade + Canecas!

Não sabemos como funciona em outras agências, mas aqui na Seri.e Design, temos alguns serumaninhos que são bastante apegados a suas canecas! Temos canecas que guardam recados, canecas Storm Trooper, edições especiais da Coca-Cola, entre outras!

Por causa desse amor entre nossos designers e suas canecas, fomos atrás de designs diferentes desse comum objeto e encontramos alguns muito bacanas, que vão fazer até você pegar amor por uma caneca de café!

Confira:

Continue lendo “Criatividade + Canecas!”

O Efeito Minimalista!

As vezes, você termina um trabalho e acha que ele está lindo e perfeito mas percebe que, na verdade, ele acabou ficando poluído de informações e elementos gráficos! E agora? Como deixar a arte mais “clean” em tão pouco tempo? O que fazer para causar o efeito desejado?

A agência turca Antrepo, fez uma projeto onde compara a embalagem original de um produto, com uma que é meramente modificada e com a última, à direita, totalmente “clean”. O Resultado é bem bacana e nos mostra como a simplicidade as vezes funciona.

Será que o famoso efeito minimalista, funcionaria com grandes marcas!? Confira:

Continue lendo “O Efeito Minimalista!”

A Arte por trás de Procurando Dory da Disney

O novo filme da Pixar, Procurando Dory, estréia hoje nos Estados Unidos e a Disney liberou algumas imagens do processo criativo por trás do longa! Veja também fotos da equipe, liderada pelos diretores Andrew Stanton e Angus MacLane, trabalhando na nova aventura marinha:

Continue lendo “A Arte por trás de Procurando Dory da Disney”

Designer cria painel que mostra imagens com líquido magnético

clock-1

O ferrofluido é um material criado pela NASA e que se comporta como uma espécie de imã líquido.

O designer Zelf Koelman tem um fascínio bem grande por esse material  que passou o último ano pesquisando bastante sobre suas capacidades. O resultado deste tempo de pesquisa foi a criação de um painel que usa o ferrofluído como forma de mostrar imagens.
Continue lendo “Designer cria painel que mostra imagens com líquido magnético”